segunda-feira, 8 de outubro de 2007

O Júri decidiu...

Minhas queridas e meus queridos,
Já fui à consulta de grupo e já sei o que se passará comigo nos próximos tempos. Vou mesmo ser operada, como sempre se pensou... estava à espera dessa decisão, pois o meu caso é grave, um tumor muito agressivo, e não podemos andar aqui com paninhos quentes. Farei uma mastectomia radical (ai que custa escrever isto). Sou sincera, está a custar-me escrever isto. Aliás, este deve ser o post que me mais me custou a fazer.
Quanto à decisão, como disse anteriormente, eu já sabia que se fosse para ser operada, seria esse tipo de operação. Já andava a mentalizar-me para isso. Nunca é fácil ouvir isso da boca do médico, mas o cirurgião hoje foi um querido, um amor de pessoa quando me deu a notícia. Tinha comigo o meu mais que tudo, o Ricardo, que ajudou bastante naqueles minutos dentro do consultório.
A outra notícia é que me abalou mais, mas eu sei que é para o meu bem e para me pôr boa. Custa muito escrever, mas é assim: também vou tirar a outra mama! É que há uns meses, também tinham detectado uns nódulos nela, mas a ressonância não encontrou nada de específico e os médicos não querem arriscar. Nem sei como aguentei estas emoções todas lá dentro, mas mantive a calma e conversei muito com o cirurgião. Em principio, saio de lá já com essa mama (a suposta boa) fina e a outra vão-me pôr ou o expansor ou mesmo algo definitivo. Esses detalhes, saberei no dia 25 de outubro, data em que tenho consulta de cirurgia.
Deverei ser operada logo no inicio de novembro, dependendo do estado da minha pele por causa da radioterapia.
Foi mesmo um dia de grandes decisões e de grandes emoções, mas cada vez mais me convenço que sou uma mulher de fibra e que vou vencer isto tudo! É claro que volta e meia me pergunto porque é que me aconteceu isto, o que fiz para merecer isto, mas logo, logo, esses pensamentos desaparecem e olho em frente, e vejo que sou muito nova e que tenho uma vida toda pela frente.
Quero aqui agradecer a vocês todos o vosso carinho, amor e amizade. Sem vocês, isto tudo seria muito mais complicado e doloroso.

Um grande obrigada e muitos, muitos beijos gordos!

24 comentários:

Mimas disse...

Querida Loulou, hoje não consigo dizer muito, desculpa. Apenas relativamente à segunda notícia que tanto te custou ouvir...tira! Não duvides nem por um segundo que é para teu bem e dá graças pela antecipação dos médicos que a meu ver, embora leiga nisto, prova estares a ser bem orientada e isso é tão, tão importante.

Um beijo grande minha querida, p'rá frente é que é o caminho e tu é mesmo um mulheraço de fibra, não duvides!

Mimas

Milena disse...

Hey, garina! Adoro a tua força. E vai correr TUDO bem ouviste! Continuo aki a espera de ti. Beijo grandeeeeeeeeeee

cristina j, disse...

Loulou, o que posso dizer-te querida?

Que continuarei aqui contigo, e sempre que precisares. Não dúvido da violência que é ouvir essas noticias, mas estou de acordo com a Mimas...TIRA! sem margem para dúvidas, é para o teu bem, embora eu seja também uma leiga.

E nunca, mas mesmo nunca, penses que mereces isto. É uma prova de vida que vais ultrapassar, e nós contigo, sempre de mão dada e mão no ombro.

Um grande beijo, mesmo muito grande.

Teresa Barros disse...

Olá minha menina!

Grandes decisões foram tomadas neste dia e todas, a meu ver, para o teu bem estar! Nunca duvides disso porque parece que é o que te dá forças!
Quanto a seres uma mulher de fibra nunca duvidei disso nem por um segundo, basta ler tudo que escreves neste blog, és uma mulher muito especial e de certeza que toda a gente que está à tua volta sente um grande orgulho disso!
Se precisares de mim é só dizer, saio daqui e num instantinho estou ai para te fazer fazer companhia e pa aliviarmos o stress... Conta comigo para tudo!


Um beijinho mt grande bem do fundo do meu coração!

Estou contigo!

Nela disse...

Loulou, querida Lueji, querida, querida, que dizer? É para teu bem, já sabes. É poque vale a pena, já sabes. É para ficares curada, também já sabes. Estão a ser muito conscienciosos e cuidadosos, isso é óptimo, tu já sabes.

É duro, é forte, é difícil, é! Mas tenho a certeza de que tu vais chorar, levantar o queixo, arrebitar o nariz e seguir em frente. Não estás só. Viu-se na cara e no olhar do Ricardo que tens um guerreiro ao teu lado. E ter um homem a apoiar-nos é muito importante.
A nossa imagem muda, a nossa sexualidade pode ser muito afectada (ou não, depende também do parceiro), a nossa auto-estima tem um grande teste pela frente. Agora, vais ter outra batalha pela frente que vai exigir paciência, persistência, bom humor, capacidade para rir de alguns revezes e surdez. Surdez? Sim, surdez. Não ouças se te disserem que não vais conseguir. Não ouças quando tu própria disseres (ou sussurrares) que não vais conseguir. Não ouças se te mostrarem estatísticas que não te sejam favoráveis. Cega e surda a tudo o que não for a teu favor, da tua saúde e da tua cura.

És uma rainha. As rainhas também sofrem, também choram, também têm medo. Mas a sua natureza real leva-as a viverem isso com o nariz para cima, a apontar o caminho e isso leva-as a vencer.

Não te feches, por favor. Quando estiveres triste, revoltada, zangada, fala. Fala connosco, com o Ricardo, com os pais, com todos os amigos. É difícil estar presente para os que estão à nossa volta. Não sabem o que fazer, nem o que dizer. Pede ajuda, pede companhia, pede ombro. Vais ver que ficas rodeada de ombros por todo o lado. Todos querem dar o melhor de si. Às vezes não sabem como fazer.

Se não quiseres expôr o teu estado de espírito no blog, escolhe uma vítima e escreve um mail ou telefona. Encontrarás sempre alguém que entende perfeitamente o que estás a sentir. Desabafa e segue em frente. Não somos super-mulheres capazes de aguentar tudo sempre com bom espírito. É como os interruptores: umas vezes para cima, outras para baixo.
Somos verdadeiramente fortes e grandes quando nos assumimos integralmente como seres humanos, com fragilidades e com desesperos. Às vezes... Como dizia o outro: para ser grande, sê inteiro! Nada teu exagera ou exclui...

Enfim, já disse muito disparate.

Percebo agora que não escrevi tudo isto só para ti. Escrevi para mim também, escrevi para todas. Escrevi também especialmente para a Anixinha.

Loulou querida, tu és grande. És imensa! Estou muito contente por te ter conhecido. E tenho orgulho em te ter como amiga.

És a primeira amiga rainha que eu tenho!

Aida guimarães disse...

Olá Loulou,

Amiga, sei o quanto foi dificil para ti ouvires isto tudo, mas já tinhamos falado sobre isso em minha casa. Vi em ti muita força e muita decisão em resolveres o mal pela raiz. És uma mulher coragem. Como tu sabes, eu também já passei por o mesmo. A minha segunda mama para já parece que está bem. Se por acaso algum dia tiverem alguma dúvida, também não deixarei para depois.
Sabes que tudo o que precisares eu estarei sempre disponível para te ouvir e trocar dúvidas quando quiseres.

Amiga, não fiques triste, estás cá, tudo se vai resolver e os médicos sabem o que fazem.

Adoro-te Miúda

Beijos Grandes

BiChOs Do MaTo disse...

Olá Loulou nem sei bem o que te dizer......é muito muito difícil relembrar tudo isso, mas pensa querida que é mais uma fase na tua vida.
Eu quando soube o que tinha e como iria ficar, de certa forma aceitei tudo muito bem. Sempre me disseram que a mama seria para tirar toda e que durante algum tempo assim iria ficar.
Já fui operada há mais de um ano e pelo que me disseram esperam-me mais dois para voltar a ser operada.
Mas digo-te do fundo do meu coração, quando se tem ao nosso lado pessoas que nos amam e que para elas nos apenas somos, mãe, mulher, filha, neta,amiga. Uma mama é apenas um adereço, o que interessa e como diz a minha filha é que eu continuo a mesma mama por dentro e por fora.
Tem coragem querida...é para ficares boa, sã.
beijinhos muito grandes
Lara

BiChOs Do MaTo disse...

só para corrigir a frase:
..........é que eu continuo a mesma mamã por dentro e por fora......
Lara

Alda disse...

Querida Loulou, nem sei o que dizer! Não estava à espera.
Sei o que estás a sentir! Não é fácil, mas tu és uma miuda cheia de garra. Não te vais deixar vencer promete! Se precisares de falar, desabafar, podes contar comigo.
Confia nos médicos, e se te aconselham a tirar a outra mama, tira! Eu também tenho nódulos na que me resta, e se tiver que tirar, tiro. Já na altura disse ao médico, se fosse preciso tirar as duas tirava. Não se justificava, tenho é que estar atenta, e ir fazendo exames.

Querida, tudo vai correr bem! Acredita sempre! Sempre!
Beijinho grande

Carla disse...

Loulou querida, cá estamos se precisares de nós. Um mail, um telefonema, o que quiseres. Custa de certeza muito ouvir o que ouviste hoje, mas o mais importante que temos connosco ninguém nos pode tirar com uma cirurgia: a alma. Tens ao teu lado quem te ama e que está a postos como tu. Fala sempre que precisares, não somos obrigadas a ser super mulheres, como disse a Manuela. Quem está à nossa volta anda, na maioria das vezes, mais atarantado do que nós. Nós sabemos o que há a fazer: lutar! Um beijo muito grande à rainha mais bela que conheço e a uma guerrilheira que tenho orgulho em ter como amiga.

Loulou disse...

Minhas queridas, obrigada pelas vossas palavras. Vocês todas estão no meu coração e são umas grandes amigas do peito e do coração!
Eu estou bem. É como se diz: levanta-se e sacode-se a poeira (parece que falta qualquer coisa, hehe).

Passei um bom dia e tive um óptimo jantar com a minha sogra que está cá e já não a viamos há uns meses.

Gaja que é gaja, luta até ao fim, e é isso mesmo que vou fazer! O susto passou e agora é bola para a frente!

Ganda beijoca

Anónimo disse...

Princesa

Levanta, sacode a poeira e dá a volta por CIMA!
Sexta feira já estou aí.
Beijos grandes e muitos

CARLA GRILEIRO-BEJA disse...

Querida Loulou,amiga agora é mais uma prova de fogo a que estas sujeita.Acredita que por mais que te custe a decisao dos medicos,vamos só pensar que é o melhor para nós,vao-se as mamas,fique a vida,sim essa é o mais importante.Quando te conheci ,vi em ti uma força incrivel uima vontade enorme de viver e vencer.Nunca nos podemos culpar nem julgar,se o destino nos pregou esta partida é porque somos fortes e valentes para passar esta prova.Muita força e coragem,uma guerreira vai a luta e nao baixa os braçaos.Tenho orgulho em ser tua amiga e ter conhecido uma vencedora,tudo o que precisares cá estou eu e todas,conta conosco,agora com mais força ainda unidas para te ajudar a ultrapassar mais esta batalha,sim porque a seguir a "guerra" esta vencida e é NOSSA.Beijo muito grande "rainha",tens um lugar muito especial no meu coraçao.

Nela disse...

Acho que está encontrada a máxima do nosso grupo:

GAJA QUE É GAJA, LUTA ATÉ AO FIM!

Ninguém consegue dizer isto melhor...

Gaja que é Gaja, luta até ao fim! Boa, Loulou!

Anónimo disse...

ola loulou, depois de tantas palavras bonitas de icentivo, não sei muito bem o que te diga mais, já passei em parte pelo mesmo, com a diferença da outra mama, e que me avisaram logo que ia tirar, o que me fez levar os 6 meses da quimio a pensar que a minha cura, passava pela mastectomia, acredita que quando me telefonaram do hospital para me darem a data da operação, fiquei contentissima, era mais um passo que ia deixar para tras.E foi, é um bocadinho complicado para a auto estima a falta da mama, mas como tu, eu também tenho um homem que me dá força todos os dias, e isso é muito importante.Pensa sempre que vai ser o resultado da tua cura do teu bem estar e depois, fazemos a reconstrução e poem-nos as duas mamocas lindas, pq mesmo só repondo uma na cirugia plastica eles acabam por mexer nas duas, para ficarem simetricas.
Gosto muito de ti.Transmites força e paz.Vais conseguir é uma questão de tempo.
Bijinhos
isa beja

Fernanda disse...

Lueji: não era o que queria ler, mas se tem que se arrancar o mal pela raíz, que seja, que se vá embora, que não te atormente mais. Melhor do que eu, dizem as tuas amigas que passaram pelo mesmo: é o que tem que ser feito, vais ser a mesma, com a mama original ou recomposta, para os amores da tua vida e para os amigos, mesmo os daqui de longe, que estão próximo, podes crer.
Xi-coração
Fernanda

Sónia disse...

Loulou estás no meu coração...

Anita disse...

Querida Lueji,
Ando ha dias a ler livros, poemas, textos que me inspirassem, para poder te escrever umas linhas bonitas de coragem e forca...
De tudo que li e senti, isto foi o que consegui!
"A nossa dor não advém das coisas vividas, mas sim do futuro que está a ser
confiscado de nós, impedindo assim que mil aventuras nos aconteçam,
todas aquelas com as quais sonhamos e nunca chegamos a experimentar.
Sofremos porque automaticamente esquecemos o que foi desfrutado e passamos a sofrer pelas nossas projeções irrealizadas...

Como aliviar a dor do que não foi vivido? A resposta é simples:
Se iludindo menos e vivendo mais!!!
A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida
está no amor que não damos, nas forças que não usamos,
na prudência egoísta que nada arrisca, e que, esquivando-se do
sofrimento,perdemos também a felicidade.

A dor é inevitável mas o sofrimento é opcional..."

Espero que gostes, do fundo do meu coracao, um beijinho, muito POSITIVO, com muita forca...da tua familia aplacada em Londres!

Catarina disse...

Minha Linda... Quero te dizer uma coisa: tu p mim, e acredito q p todos nos, es a mesma c mama ou sem mama. Desculpa a dureza da frase. Mas e' isso mesmo q quero dizer.. Q nos te queremos a ti, junto de nos. pq gostamos mto de ti. Se esse e' o preco q temos todos q pagar p te ter connosco e c saude, pagamos. Acredita, e' dificil p nos tb. Mas olha so a tua volta? No meio de todo o azar, tens bue de sorte, sabes ne? Uns pais maravilhosos e sempre presentes. O Ricas maravilhoso e ai perto de ti. e a tecnologia e qualidade dos medicos q tao ctgo. Olha so a quantidade e qualidade destes comments todos. Amigas da Lu, vcs sao o maximo, sao mesmo amigas.. Obrigada de novo * Adorei o q a Nela disse. Sinto como se ela estivesse a escrever o q eu sinto e n consigo verbalizar. Nela, gosto bue de ti, queria conhecer-te um dia. E a todas, claro.
A Anita a procurar coisas p te dizer.. p te conseguir dizer o q sente.. Pessoas lindas a tua volta Lu.
E mais uma vez, estou ctgo e n abro. Quero te dizer uma coisa... N sei se e' certo o q sinto e penso. Podes ate n acreditar na sinceridade do q te vou dizer, mas e' verdade e se'rio. Se eu pudesse eu dividia a tua dificuldade ctgo. dava uma mama minha aos medicos, se c isso eles pudessem n te tirar uma das tuas. Juro mesmo!
Um beijo enormeeeeeeeeeeeeeee. Te LOVO!!! "Princesa" :)
E estou aqui, sp ya? podes ligar, podes mandar mail, podes me acordar, podes fazer o q quiseres.. Voluntarizo-me p a ser a tua vitima, aquela de q a Nela fala.
Agora acho q eu e' q escrevi demais... ups
Fui.. Beijo beijo beijo

Neusa disse...

lu

Não pude deixar de te dizer umas palavras...
A força e coragem com que enfrentas este obstáculo na tua vida, a energia positiva com que encaras este desafio é uma lição de vida.
Vais vencer, disso ninguém tem dúvidas, tás a altura da montanha que se pôs no teu caminho, è uma questão de tempo. Beijoss para alguém que se revelou uma grande lutadora

BiChOs Do MaTo disse...

Loulou, estas a ser seguida em que hospital????????
bjs Lara

Loulou disse...

Lara, tou a ser seguida no IPO.

Beijocas

Melga disse...

Nunca ninguém nos disse que era fácil viver, pois não? Ao longo da vida, vamos aprendendo que realmente é difícil vier, é preciso lutar, ultrapassar. MAS VALE A PENA!!!!!! E tudo o que conseguimos tem um significado especial. E a Vida adquire um Valor inimaginável. É a VIDA!
Força!
Um beijo a todas!

Anónimo disse...

Olá Lueji!
Gostaria de estar perto de ti para te abraçar e dizer-te que és uma lutadora e que, por isso mesmo, eu te admiro! Olho para ti e sei que vives as dificuldades como desafios que te ajudam a descobrir o que de melhor existe no teu íntimo!

"Para ser grande, sê inteiro: nada
Teu exagera ou exclui.
Sê todo em cada coisa. Põe quanto és
No mínimo que fazes.
Assim em cada lago a lua toda
Brilha, porque alta vive."

Ricardo Reis


Tenho a certeza, que este desafio que agora surge na tua vida será vivido e sentido com as melhores forças que existem no teu coração e que fazem de ti uma pessoa inigualável!

Um abraço cheio de saudades de uma amiga que te admira profundamente!

Paula