domingo, 28 de outubro de 2007

Lisboa, menina e moça

Não é a minha terra natal, mas podia ser... sinto-me bem nela e adoro-a!

5 comentários:

Nela disse...

Ah, a minha terra...! Também a adoro. Tem um cheiro especial, uma luz única, é a minha casa.

Beijinhos Querida. Tive notícias da Catarina. Está com os papis dela...

Aida guimarães disse...

A nossa terra é a nossa terra!!

Como a minha Mami dizia "A minha casinha, é pequenina mas é a minha casinha".

O importante é sentires-te bem.
Logo, logo vais voltar à tua terra natal.

Beijos grandes e fica bem

isa guerreiro disse...

olá loulou, tb gosto de lisboa, mas só para visitar...depois gosto de regressar à minha cidade, não posso perer o castelo de vista, como se costuma dizer por aqui.beijos

cristina j, disse...

Pois eu...gosto mais da margem Sul.
É mais sossegadita, menos confusão e temos a praia aqui tão perto.

Agora, amar mesmo, continua a ser a minha terrinha, mesmo sabendo das limitações e falta de desenvolvimento da mesma.
Está lá a minha vida, até aos 26 anos, as minhas raízes.

Bjos

Rodrigo disse...

é como fosses, Lisboa é de todos que a querem amar.

Eh pah, isto de estar a fazer directas a trabalhar dá para a poesia. Se a Gestão não der sempre posso ser poeta.


Rodrigo